Português Italian English Spanish

No coração financeiro do País, MS apresenta projetos de infraestrutura para atrair investidores

No coração financeiro do País, MS apresenta projetos de infraestrutura para atrair investidores

Data de Publicação: 26 de novembro de 2019 11:58:00
Na Bolsa de Valores de São Paulo, Mato Grosso do Sul é um dos Estados que oferecem grandes oportunidades de investimentos para o mercado

Mato Grosso do Sul é um dos protagonistas do 2º Café com Mercado que acontece nesta quarta-feira (27.11), na B3 – Brasil, Bolsa, Balcão, em São Paulo. No coração financeiro do País, onde são realizados os maiores volumes de negócios do Brasil, o governador Reinaldo Azambuja vai apresentar as potencialidades do Estado com um único objetivo: atrair investimentos para fomentar ainda mais a economia sul-mato-grossense.

Vão acompanhar o governador, os secretários estaduais Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica), Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e Eliane Detoni (secretária especial do Escritório de Parcerias Estratégicas da Segov), além do diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro.

Na pauta do evento, o Estado apresentará o projeto de concessão da Rodovia MS- 306, os projetos de parceria público-privada (PPP) de Esgotamento Sanitário e Infovia Digital, o projeto de desestatização da MSGÁS e a Rota Bioceânica.

Vale lembrar que três destes projetos citados já estão bem avançados. A concessão da MS-306 está com edital de licitação publicado e vai a leilão no dia 5 do próximo mês, também na B3, em São Paulo. O projeto de PPP de Esgotamento Sanitário está concluído e seguirá nos próximos dias para aprovação do Conselho Gestor de PPP do Estado e posterior abertura de Consulta Pública.

Trecho pavimentado em Carmelo Peralta

O trançado da Bioceânica já ganhou contornos com a entrega do primeiro trecho do lado do Paraguai. No último dia 22, foram inaugurados 40 quilômetros da Transchaco, rodovia vital para a Bioceânica. A entrega antes do prazo determinado torna a rota – que unirá o Oceano Atlântico ao Pacífico, via Mato Grosso do Sul – mais consolidada.

Além da presença do Governador do Estado de MS, Reinaldo Azambuja, o 2º Café com Mercado contará ainda com as presenças dos governadores Ratinho Júnior, do  Paraná e Renato Casagrande, do Espírito Santo.

Concessão MS- 306

A MS-306 será a primeira concessão rodoviária do Estado. O objetivo é acelerar investimentos nessa importante rota de escoamento da produção, garantindo melhores condições de trafegabilidade e segurança aos seus usuários.

O projeto prevê, dentre outras obras a serem realizadas, a implantação de acostamento ao longo de toda rodovia, construção de terceira faixa em segmentos críticos, adequação das interseções existentes e construção de novas rotatórias, além da implantação de retornos e adequação de pontes e viadutos.

MS-306, que será cedida à iniciativa privada, é uma importante via de escoamento do Centro-Oeste

Para o governador Reinaldo Azambuja, a MS-306 é polo de integração comercial entre MS, MT, SP, GO e MG, sendo rota de escoamento de produção de açúcar, álcool, algodão, soja e milho. “É evidente a necessidade de realização de grandes melhorias nas condições de sua trafegabilidade, em razão do tráfego intenso de veículos comerciais, bem como da necessidade de garantir a segurança dos usuários, diante dos elevados índices de acidentes”, ponderou.

O secretário de Estado de Governo e Gestão, Eduardo Riedel, avalia que a modelagem da concessão apresentada ao mercado garante à rodovia todas as melhorias necessárias. “O projeto apresentado ao mercado foi amplamente discutido e garante os investimentos integrais previstos para a rodovia”

A concessão da rodovia irá disponibilizar aos usuários importantes serviços, dentre os quais podem ser citados: socorro mecânico, socorro médico, inspeção de tráfego, postos de atendimento aos usuários e um moderno Centro de Controle Operacional (CCO) que realizará a cobertura de 100% da rodovia, 24 h por dia, em tempo real.

A licitação da rodovia, que ocorrerá no próximo dia 5 de dezembro, adotará o critério de julgamento de maior oferta de outorga. Esses recursos serão revertidos ao Fundersul para manutenção da malha rodoviária estadual e servirão como instrumento de gestão do contrato, especialmente para modicidade tarifária. A concorrência adotará o critério de maior valor de oferta.

 

Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário