Português Italian English Spanish

O “Pra Sempre" não depende da gente

Data de Publicação: 12 de novembro de 2019 20:32:00
A gente não se dá conta quando diz “pra sempre”

Ainda me surpreendo com aquilo que não deveria ser mais surpresa;

Ainda choro com o que não merece minhas lágrimas;

Ainda busco, o que sei, nunca irei encontrar;

Ainda sonho, com o que não deveria mais sonhar;

Ainda... 

 

O sol as vezes se esconde mas ele ainda está lá, 

esperando que as nuvens abram espaço para que ele volte a brilhar, e apesar das dificuldades ele não desiste, pacientemente espera, pois sabe que seu destino é acender a cada dia. 

 

A gente não se dá conta quando diz “pra sempre”

E esquece de viver sozinho.

Esquece que o “pra sempre” inclui o outro

E que o sempre do outro, as vezes, vai acabando de mansinho.

Então vamos vivendo o “pra sempre” sozinho.

Esperando que o “ainda” faça sentido no outro, e que a esperança encontre pouso onde os sentimentos já perderam o ninho. 

 

As coisas que nem sempre são pra sempre nos faz perder o rumo, a direção, o caminho.

Mas a esperança grita: “segue o seu destino“.

Bata as asas, não olhe para o chão, a altura pode te dar um medo terrível mas a beleza lá do alto vale o preço. E olhar para baixo só causa mais medo. 

 

Busque ser o que você quer ser, sem esquecer do que você é. Nada é eterno e o que ficará de você é o que você conseguiu colocar no coração das pessoas.

Nada é pra sempre, mas nada precisa ser “nunca mais”. 

 

O sol sempre há de brilhar, mesmo que as nuvens demorem a abrir espaço.

O “pra sempre” não depende da gente

Mas que a “esperança” seja o nosso lugar.

 

(Por Ana Lopes - Colunista)

 

O “Pra Sempre" não depende da gente

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário