Português Italian English Spanish

Senado também deverá dificultar aprovação de projeto anticrime de Moro

Senado também deverá dificultar aprovação de projeto anticrime de Moro


Uma eventual indicação de Moro para o STF também enfrentaria dificuldade para ser aprovada no Senado

Não é apenas na Câmara que o ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro, enfrentará dificuldades para aprovar o seu projeto anticrimes, mas também no Senado.

De acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, publicada nesta segunda-feira (25), parlamentares da cúpula da Casa estão dispostos a colocar pedras no caminho quando e se o projeto chegar para ser discutido.

A Câmara dos Deputados já suspendeu, na semana passada, a sua tramitação por 90 dias, prorrogáveis por mais 90.

O projeto do ex-juiz de Curitiba só teria alguma chance de tramitar —e, mesmo assim, com restrições— caso o governo apoie a aprovação do projeto de abuso de autoridade, que enquadra policiais, procuradores e magistrados.

Até mesmo o senador Major Olímpio (PSL-SP), que apoia o projeto de Moro, admite as dificuldades. “Quando se faz política de uma nova forma, a dinâmica muda. Nem todos podem ser convencidos por ideias e conhecimento”, afirma ele.

As dificuldades de Moro não param por aí. Uma eventual indicação sua para o STF (Supremo Tribunal Federal), hoje, também enfrentaria dificuldade para ser aprovada no Senado.

Além de PT, senadores do PMDB, do DEM e do PSDB resistiriam ao nome dele.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário