Português Italian English Spanish

Polêmica: Conor McGregor destruindo celular de fã em Miami circula na internet, assista o vídeo

Polêmica: Conor McGregor destruindo celular de fã em Miami circula na internet, assista o vídeo


Irlandês foi preso após episódio, mas pagou fiança e acabou liberado

Um vídeo disponibilizado pelo portal TMZ Sports no YouTube mostra Conor McGregor destruindo o celular de um fã, na saída de uma boate, em Miami. O episódio ocorreu na última segunda-feira, e o ex-campeão dos pesos pena e leve do UFC acabou preso posteriormente sob a acusação de roubo. Ele foi liberado com o pagamento de fiança de US$ 12,5 mil (cerca de R$ 48,6 mil). 

McGregor se irritou ao ser fotografado pelo fã inglês Ahmed Abdirzak ao deixar a boate, por volta de 5h20. Cercado por seguranças, o lutador pegou o celular, jogou no chão e pisou para destruí-lo. O incidente foi flagrado por câmeras de vigilância do local, que foram somadas ao relatório da polícia do estado da Flórida.

Em entrevista ao TMZ, Ahmed Abdirzak detalhou o ataque sofrido. “Estávamos esperando nosso veículo e, quando fomos pegá-lo, vi Conor McGregor. Tentei  puxar meu  telefone. Assim que eu peguei o telefone, McGregor veio e tentou apertar minha mão, mas ele me puxou, pegou meu telefone e começou a esmagá-lo. Todos os seus seguranças literalmente me cercaram e me empurraram para longe”, contou. 

McGregor estava em Miami Beach para a celebração do aniversário de 60 anos da mãe. Ele foi encontrado pela polícia na mansão em que alugou na cidade, quase 12 horas depois de destruir o celular. Esta não é a primeira vez que o irlandês tem problemas com as autoridades nos Estados Unidos. 

Em abril do ano passado, McGregor invadiu o estacionamento da Barclays Center, no Brooklyn, após o Media Day do UFC223, e atirou um carrinho de carga no ônibus em que estava o desafeto Khabib Nurmagomedov. Ele acabou ferindo dois lutadores na ocasião e se apresentou ao Departamento de Polícia de Nova York posteriormente. No julgamento, o 'Notorious' se declarou culpado e recebeu apenas serviços comunitários como punição. 

Conor McGregor está fora do octógono desde a derrota por finalização para Khabib Nurmagomedov, em disputa pelo cinturão do peso leve, no UFC 229, em outubro do ano passado. O duelo terminou em pancadaria entre as equipes dos lutadores. Pela confusão, o ex-campeão foi suspenso pela Comissão Atlética de Nevada por sete meses e recebeu multa de 7,5 mil dólares (cerca de R$ 28 mil). Já o russo, protagonista da briga, levou gancho de nove meses e multa de US$ 500 mil (R$ 1,8 milhão). 

 


 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário