Português Italian English Spanish

PT questionará Polícia Federal sobre escolha de agente que escoltou Lula e que apoiou Bolsonaro em campanha eleitoral

PT questionará Polícia Federal sobre escolha de agente que escoltou Lula e que apoiou Bolsonaro em campanha eleitoral


Danilo Campetti mostrou apoio a Bolsonaro nas redes sociais

A executiva nacional do PT informou que vai questionar a Corregedoria da Polícia Federal sobre a escolha do agente Danilo Campetti para a escolta do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante o velório e a cerimônia de cremação de seu neto Arthur, no sábado (2), em São Bernardo do Campo.

Além de ter integrado a equipe que cuidou da segurança de Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha presidencial, Campetti revelou aversão ao PT e apoio a Bolsonaro em redes sociais. No Twitter, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, ainda questionou o fato de Campetti usar um emblema da Swat, polícia especial dos Estados Unidos no uniforme.

"O problema não é o mesmo policial que fez a escolta do Lula ter feito a segurança do Bolsonaro nas eleições. O grave é o engajamento político do policial pró-Bolsonaro. É caso de corregedoria. Vamos tomar providências. E pedir explicações do porque ostentar o símbolo da polícia americana."

Campetti faz parte do Grupo de Pronta Intervenção da Polícia Federal (GPI), especializado em ações de risco que exigem rápida mobilização. A Polícia Federal não se manifestou sobre a questão.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário