Português Italian English Spanish

Uso do adoçante xilitol é recomendado? Saiba mais

Uso do adoçante xilitol é recomendado? Saiba mais


O xilitol é usado frequentemente no lugar do açúcar de mesa em muitas dietas, principalmente, para pessoas diabéticas. O adoçante é derivado da xilose, substância presente em frutas e legumes. Uma colher de chá dele é cerca de 40% menos calórica que a mesma quantidade de açúcar. E, de maneira semelhante ao açúcar, o xilitol possui calorias vazias, não tem quantidades significativas de vitaminas, proteínas ou minerais.

Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam que o brasileiro exagera no açúcar. Em média, consome 50% a mais do que deveria. A OMS recomenta um consumo máximo de 50 gramas por dia, cerca de 18,2 kg anualmente. O brasileiro consome, em média, 30 kg por ano.

A nutricionista Mirella Monteiro defende que para reequilibrar o paladar e diminuir o consumo de açúcar o xilitol é uma boa opção – principalmente para os pacientes diabéticos, pré-diabéticos ou que estão perseguindo a perda peso. “É melhor que o açúcar refinado por ser natural, extraído de fibras vegetais”, afirma.

O sucesso, entretanto, nem sempre é garantido, pois muitos acham que o substituo do açúcar deixa um gosto mentolado nos alimentos. Outro empecilho é o preço: os valores variam de acordo com a marca, mas estão em torno de R$ 20 por um pacote de 250 gramas mais ou menos.

Independente de ser mais saudável ou não, a recomendação é que não se consuma adoçantes em excesso. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (ABIAD), cerca de 35% da população consome algum tipo de produto com adoçante. Alguns estudos já mostram que pessoas que usam muito adoçante acabam querendo consumir doces em outros momentos. Ou seja, comem açucas duas vezes mais.

O que acontece é que o corpo não metaboliza o adoçante e por isso não se sente saciado em relação ao açúcar. O xilitol, por sua vez, muitas vezes reage com outros alimentos durante a digestão e acaba causando gases e barriga estufada.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário