Português Italian English Spanish

Presidente da Vale prepara ressarcimentos e diz não se preocupar com prisões

Presidente da Vale prepara ressarcimentos e diz não se preocupar com prisões


 

O presidente da Vale, Ricardo Schvartsman, afirmou nesta quinta-feira (31) que estará em diálogo com a Procuradoria-Geral da República (PGR) para o pagamento de indenizações às vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho (MG). Ele afirmou que está colaborando com a Justiça e não se preocupa com as prisões de funcionários. 

"Eu não tenho motivo para temer por prisão de nenhum executivo da Vale", afirmou Schvartsman.

Questionado sobre depoimentos que teriam indicado um conluio entre a mineradora e a empresa que atestou a segurança das barragens, o presidente contestou.

"A gente compreende que nessa hora, que é uma hora de muita consternação, de muita tristeza, que versões estranhas aconteçam de todas as coisas. Eu posso lhe afiançar que do meu conhecimento, nada disso existe. Muito pelo contrário, todo procedimento da Vale tem sido absolutamente pertinente", disse Schvartsman.

Danos

O CEO da mineradora não adiantou o valor que deve ser pago por danos. "Será o valor que tiver que ser. Não existe um valor definido. Vai ser aquilo que for necessário, quando for definida a extensão das vítimas o valor será decorrente disso", afirmou. 

A Vale afirmou que será liberado a partir desta quinta-feira R$ 100 mil, que será distribuído entre as vítimas do desastre.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário