Português Italian English Spanish

Nova espécie de cobra é descoberta no Paraguai

Nova espécie de cobra é descoberta no Paraguai

Data de Publicação: 17 de maio de 2022 11:12:00
Seu gênero, Phalotris, contém 15 espécies semi-subterrâneas distribuídas por toda a América do Sul e é famoso pela coloração vermelha, preta e amarela.

 

Uma nova, e belíssima, espécie de cobra não venenosa foi encontrada no Paraguai: é a Phalotris shawnella, descrita pela ONG paraguaia Para La Tierra, em colaboração com Guyra Paraguay e o Instituto de Investigación Biológica del Paraguay. Seu gênero, Phalotris, contém 15 espécies semi-subterrâneas distribuídas por toda a América do Sul e é famoso pela coloração vermelha, preta e amarela.

A primeira identificação da nova cobra foi feita por Jean-Paul Brouard, pesquisador que a viu por caso quando cavava um buraco no Rancho Laguna Blanca, em 2014. Ele se juntou aos colegas Paul Smith e Pier Cacciali para descrever a descoberta no periódico científico Zoosystematics and Evolution.

O nome do animal foi dado em homenagem às crianças Shawn Ariel Smith Fernández e Ella Bethany Atkinson, que nasceram no mesmo ano da Fundación Para La Tierra, ou seja, 2008. Segundo os criadores da ONG, os infantes foram uma inspiração para dar início ao trabalho de conservação da vida selvagem paraguaia, na esperança de entregar um mundo melhor aos seus filhos.

Olha a cobra!

O que diferencia a Phalotris shawnella de outras espécies do gênero é a cabeça notavelmente vermelha, combinada com um colarinho amarelo e faixa preta lateral, além de escamas ventrais alaranjadas com manchas escuras espalhadas irregularmente. Apenas três espécimes foram identificados, endêmicos às florestas do Cerrado no departamento de San Pedro, no leste do país.

A distribuição da espécie consiste de dois pontos arenosos do Paraguai: Colonia Volendam e Laguna Blanca, que estão a 90 km uma da outra. Por ser muito rara, os pesquisadores consideraram a espécie como ameaçada, de acordo com as categorias de conservação e a União Internacional pela Conservação da Natureza (IUCN), indicando um risco iminente de extinção em ocorrência da ausência de medidas de proteção.

A cobra pode ser encontrada apenas em Laguna Blanca atualmente, local turístico declarado como uma Área Importante para a Conservação de Anfíbios e Répteis. Os autores comentam que o caso demonstra uma necessidade renovada de proteger o ambiente natural dessa região paraguaia em específico, sendo que Laguna Blanca foi designada como uma reserva natural por 5 anos, mas não tem medida alguma de proteção atualmente.

 

 

Nova espécie de cobra é descoberta no Paraguai

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário