Português Italian English Spanish

Venda de ivermectina para tratamento da Covid-19 salta de 1,5 milhão para 5,5 milhões em janeiro

Venda de ivermectina para tratamento da Covid-19 salta de 1,5 milhão para 5,5 milhões em janeiro

Data de Publicação: 28 de fevereiro de 2022 12:42:00
Já a cloroquina saiu de 103 mil unidades para cerca de 164 mil na mesma base de comparação.

A procura por remédios do chamado kit Covid, que não têm eficácia contra a doença, mas foram recomendados pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) na pandemia, explodiu em janeiro nas farmácias diante do avanço da variante ômicron.

O maior salto foi o da ivermectina, vermífugo para sarna e piolho, que atingiu o volume mais alto de vendas desde o pico da pandemia, no ano passado.

O número de unidades comercializadas foi de 1,5 milhão em dezembro para quase 5,5 milhões em janeiro, segundo a consultoria Iqvia, que monitora o varejo farmacêutico. Em março de 2021, haviam sido comercializadas 15,6 milhões de caixas.

Já a cloroquina saiu de 103 mil unidades para cerca de 164 mil na mesma base de comparação. O volume é o maior desde junho, que teve quase 219 mil unidades vendidas, de acordo com a Iqvia.

A demanda pelos medicamentos vinha em trajetória de queda desde o final do primeiro semestre de 2021, mas voltou a subir quando a ômicron chegou ao Brasil, nos últimos meses do ano.

Venda de ivermectina salta de 1,5 milhão para 5,5 milhões em janeiro

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário