Português Italian English Spanish

Bebê americano nasce com "seios" que dão até leite

Bebê americano nasce com "seios" que dão até leite

Data de Publicação: 20 de julho de 2021 09:57:00
Mãe de dois filhos, Vanessa contou que Kylan foi então diagnosticado com uma doença rara chamada galactorreia neonatal, que afeta apenas 2% dos bebês

Uma americana ficou chocada depois que o seu filho começou a vazar leite dos mamilos quando ele tinha apenas 1 semana de vida.

Vanessa Moran disse que os seus hormônios foram transferidos para o pequeno Kylan Sherrill durante a gravidez, o que fez com que o seu bebê desenvolvesse tecido mamário aumentado. A mulher, de 28 anos, levou Kylan ao médico porque estava preocupada que houvesse algo muito sério com ele.

Mãe de dois filhos, Vanessa contou que Kylan foi então diagnosticado com uma doença rara chamada galactorreia neonatal, que afeta apenas 2% dos bebês em todo o mundo, tanto homens quanto mulheres.

A condição é causada por altos níveis de estrogênio na mãe durante a gravidez, que é transferido para a corrente sanguínea do bebê através da placenta e estimula o crescimento do tecido mamário e a produção de leite.

Para aumentar a conscientização sobre a doença, Vanessa, de Indiana (EUA), agora compartilhou imagens dos "seios" de Kylan dando leite.

"Com uma semana de vida, o tecido em volta do mamilo começou a aumentar. Parecia que ele tinha seios e eu achei muito estranho", declarou a americana, em reportagem no "Sun".

Não há tratamento para se livrar do tecido dilatado e da secreção leitosa, pois espremê-lo pode causar mais inflamação, abcessos e até mesmo promover a produção de leite. Quando Kylan atingiu 1 ano, em junho, os "seios" diminuíram, e os pais ficaram aliviados.

Com informações do Extra.

 

Bebê americano nasce com "seios" que dão até leite

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário