Português Italian English Spanish

Criptomoedas repetem movimento e preços podem subir 27.000%, diz analista

Criptomoedas repetem movimento e preços podem subir 27.000%, diz analista

Data de Publicação: 3 de maio de 2021 15:20:00
A capitalização de mercado das altcoins transformou seu último ciclo de alta em suporte; da última vez que isso aconteceu, alta seguinte superou 27.000%

As altcoins, nome dado às criptomoedas que não são o bitcoin, proporcionaram ganhos enormes este ano, mas se elas continuarem repetindo os movimentos observados em 2017, como vêm acontecendo, os investidores podem estar diante de uma alta de até 27.000%.

Segundo o popular trader Rekt Capital, esses são os retornos combinados potenciais para os investidores em altcoins se a história se repetir neste ano.

Em um tweet publicado nesta segunda-feira, 3, Rekt Capital observou que, no início de 2017, a capitalização de mercado de altcoins inverteu seu ciclo anterior de alta para o suporte. Essa alta havia ocorrido no final de 2013 e, como um novo nível de suporte, lançou a capitalização de mercado a um pico superior a 27.623%.

Apesar de ter acontecido em um único ano, Rekt Capital sugere que, embora difícil, a mesma coisa pode acontecer até o final de 2021. Só nos últimos dois meses, a capitalização de mercado das altcoins subiu 119%, depois de transformar o pico de 2017 em um novo suporte.

Quanto valeria o mercado de altcoins se atingisse uma alta de 27.623% em relação ao seu patamar de 2017? Inacreditáveis 152,6 trilhões de dólares.  "Este é apenas o começo", comentou.

Os números aparecem no momento em que a maior altcoin do mundo, o ether (ETH), tornou-se assunto nesta segunda, ao superar os 3 mil dólares pela primeira vez, ultrapassando máximas anteriores bastante marcantes.

O bitcoin (BTC) está comparativamente sem brilho, acumulando ganhos de cerca de 11% na última semana, valor bastante abaixo dos 28% do ether.

Muitas das outras altcoins de grande capitalização também superaram o bitcoin em termos de ganhos semanais, com analistas prevendo que novas máximas apareçam em outros lugares além do Ethereum.

Argumentando em defesa do BTC, no entanto, o analista Scott Melker olhou para prazos mais longos em busca de sinais de um aumento previsível chegando. "Houve alguns candles semanais 'ruins' no gráfico Bitcoin no ano passado", observou ele. "Cada um foi seguido por um movimento de alta até nova máxima".

 

Criptomoedas repetem movimento e preços podem subir 27.000%, diz analista
  Veja Mais
Nenhum resultado encontrado!

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário