Português Italian English Spanish

Para evitar morte de crianças, Dr. Sandro cria PL que estabelece aulas de primeiros socorros em maternidades, unidades de saúde e hospitais

Para evitar morte de crianças, Dr. Sandro cria PL que estabelece aulas de primeiros socorros em maternidades, unidades de saúde e hospitais

Data de Publicação: 5 de março de 2021 16:36:00
A proposta do parlamentar autoriza o Poder Executivo a estabelecer aulas de primeiros socorros voltados para situações de engasgamento, aspiração de corpo estranho e prevenção de morte súbita de recém-nascidos.

Orientações de primeiros socorros podem fazer toda diferença entre a vida e a morte de uma criança. Visando à proteção da vida e a saúde do recém-nascido, o vereador Dr. Sandro criou o Projeto de Lei n° 9971/21, que estabelece aulas de primeiros socorros para gestantes, pais e/ou responsáveis em maternidades, unidades de saúde e hospitais.

A proposta do parlamentar autoriza o Poder Executivo a estabelecer aulas de primeiros socorros voltados para situações de engasgamento, aspiração de corpo estranho e prevenção de morte súbita de recém-nascidos. As orientações e treinamentos deverão ser ministradas durante o pré-natal ou antes da alta do bebê, sendo realizada individualmente ou em turma.

Colocando em prática o seu projeto, Dr. Sandro que é Médico Pediatra se colocou à disposição da população para orientá-la e capacitá-la com aulas de primeiros socorros. “É muito comum o engasgamento com líquidos, leite materno ou mesmo saliva em menores de 1 ano de idade. Outra ocorrência muito comum é a aspiração de corpo estranho que é um acidente grave e potencialmente fatal que pode ocorrer em qualquer fase da vida, sendo muito mais frequente em crianças. São diversos os registros de ocorrência neste sentido. Ter alguém no momento do ocorrido com conhecimento para prestar o socorro pode evitar a morte. Estarei andando por Campo Grande capacitando todas as pessoas que tiverem interesse nas aulas de primeiros socorros”, explicou.

De acordo com o projeto do vereador, os pais e/ou responsáveis poderão aderir ou não ao treinamento oferecido pelas unidades de saúde, hospitais e maternidades, devendo em caso de rejeição assinar termo de sua intenção.

 

Imagem da Galeria Dr. Sandro

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário