Português Italian English Spanish

UFC: mulher entra com processo milionário contra Conor McGregor e acusa irlandês de estupro em quarto de hotel

UFC: mulher entra com processo milionário contra Conor McGregor e acusa irlandês de estupro em quarto de hotel

Data de Publicação: 20 de janeiro de 2021 17:05:00
Na ação, a mulher afirma que o irlandês a estuprou e a fez deitar na cama a seu lado.

Nem mesmo em semana de luta o nome de Conor McGregor fica longe de polêmicas. Nesta semana, o jornal Irish Independent‘ publicou que o irlandês é alvo de processo na Irlanda de uma mulher que o acusa de lesão corporal.

A suposta vítima entrou com ação na última segunda-feira (18) cobrando indenização do astro do UFC, com a mãe da mulher também o processando numa ação em separado. E, de acordo com o New York Times, o processo tem acusações pesadas contra o ‘Notorious’.

Segundo o jornal americano, a ação é derivada de uma acusação de agressão sexual ocorrida num hotel de Dublin em dezembro de 2018. No caso, McGregor teria a violentado no quarto de um hotel em que ambos se encontraram após trocarem mensagens por celular. A suposta vítima seria conhecida do irlandês e concordou em se encontrar no hotel para conversar.

Durante o encontro, teria havido uso de cocaína por parte da suposta vítima, de acordo com as declarações contidas no processo. Já no quarto, o lutador teria pedido para que a mulher fizesse sexo com ele, o que a suposta vítima recusou. McGregor arrancou as roupas dela, que tentou resistir, mas acabou sendo segurada pelo pescoço pelo lutador, que a levantou três vezes e chegou a dizer que ‘era assim que me senti quando me finalizaram’.

Na ação, a mulher afirma que o irlandês a estuprou e a fez deitar na cama a seu lado. Pela manhã, quando o lutador foi embora, um amigo do ‘Notorious’ lhe ofereceu. A suposta vítima afirmou que não se lembra de nada do que havia acontecido naquela noite, exceto por ter deixado o hotel de táxi.

McGregor nega as acusações

Há ainda uma investigação se o tal amigo de McGregor também teria cometido agressão sexual na autora do processo, conforme alegação da polícia. Depois de ser levada pela mãe para o hospital e de fazer exames de corpo de delito, a suposta vítima decidiu denunciar o lutador do UFC por estupro. Os advogados que cuidam deste caso não quiseram dar maiores detalhes sobre o assunto.

A ação cobra danos milionários do lutador que chegam a US$ 2,13 milhões. Em nota, Karen J. Kessler, porta-voz de McGregor, que luta neste sábado (23) contra Dustin Poirier no UFC 257, emitiu uma nota negando a participação do ‘Notorious’ em tais atos e afirmando que a polícia irlandesa fez uma investigação que não provou a culpabilidade do lutador.

“Depois de exaustiva investigação da Gardai, no qual a querelante foi interrogada, além de testemunhas, imagens de câmeras de segurança e a cooperação do próprio Conor McGregor, estas alegações foram rejeitadas. A parte queixosa sabe que as provas contradizem o que está no processo. Sr. McGregor irá rebater as acusações e acredita que a justiça prevalecerá”, disse a nota.

 

Conor McGregor

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário