Português Italian English Spanish

Estudo descobre 4 linhagens inéditas do novo coronavírus

Estudo descobre 4 linhagens inéditas do novo coronavírus

Data de Publicação: 14 de novembro de 2020 17:08:00
Um estudo desenvolvido no estado do Amazonas realizado pela Fundação Oswaldo Cruz identificou oito linhagens distintas do SARS-CoV-2 que circularam na região durante o pico da pandemia

Conforme publicou o site UOL, o estudo foi comandado pelo pesquisador Felipe Naveca e identificou quatro linhagens ainda não registradas no Brasil do vírus que causa a COVID-19. 

Ainda segundo a pesquisa, as quatro linhagens têm também quatro países de origem: Dinamarca, Colômbia, Reino Unido e outra também britânica, mas mais concentrada no País de Gales. 

O estudo analisou 79 amostras de 18 municípios do estado em parceria com a Fundação de Vigilância em Saúde. A maioria das amostras foi colhida entre abril e junho, período considerado o pico da pandemia no estado. Uma mesma linhagem predominou em 39 das amostras. 

O pesquisador Naveca, ainda conforme a publicação, é um dos pioneiros da pesquisa sobre o novo coronavírus no Brasil, sendo que em março o cientista sequenciou o vírus na região Norte e também descobriu uma nova linhagem do SARS-CoV-2 em São Paulo. No total, foram descobertas 26 linhagens do vírus no país. 

Conforme os dados da Universidade Johns Hopkins, o Brasil registra mais de 5,8 milhões de casos do novo coronavírus e quase 165 mil mortes causadas pela doença - o segundo país com mais óbitos por COVID-19.

 

Estudo descobre 4 linhagens inéditas do novo coronavírus

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário