Português Italian English Spanish

Autoridades do Panamá investigam corpos vítimas de uma seita religiosa encontrados em uma vala

Autoridades do Panamá investigam corpos vítimas de uma seita religiosa encontrados em uma vala

Data de Publicação: 15 de setembro de 2020 09:23:00
O túmulo tinha os restos mortais de uma mulher grávida, dos seus cinco filhos e de um adolescente.

As autoridades do Panamá estão investigando uma vala comum onde estão as ossadas de pessoas que acreditam terem sido vítimas de uma seita religiosa.

O túmulo tinha os restos mortais de uma mulher grávida, dos seus cinco filhos e de um adolescente. Foi encontrado depois de uma vítima da seita ter conseguido fugir e chegar a um hospital.

A polícia invadiu, depois, a comunidade religiosa e disse ter encontrado uma mulher despida dentro de uma igreja, onde também foram encontradas facas de vários tamanhos e o cadáver de um animal sacrificado em ritual. Foram libertadas 15 pessoas.

As autoridades indicam que a seita raptava populares da região e realizava violentos rituais de  exorcismo, que envolviam espancamento e tortura. 

A vala comum foi descoberta na remota região de Ngäbe-Buglé onde, em janeiro deste ano, havia sido encontrado outro túmulo, com sete corpos. A região fica a cerca de 350 quilômetros da capital panamenha.

VEJA O VÍDEO ABAIXO:

 

 

Autoridades do Panamá investigam corpos vítimas de uma seita religiosa encontrados em uma vala

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário