Português Italian English Spanish

Garoto de programa é preso com drogas de uso veterinário conhecida como “drogas do estupro” em Belo Horizonte

Garoto de programa é preso com drogas de uso veterinário conhecida como “drogas do estupro” em Belo Horizonte

Data de Publicação: 22 de julho de 2020 14:31:00
Segundo a Polícia Civil, ele confessou que usava a ocupação de garoto de programa para vender uma das chamadas “drogas do estupro”.

Um homem de 45 anos foi preso suspeito de tráfico de drogas no Bairro Nova Cintra, Região Oeste de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Civil, ele confessou que usava a ocupação de garoto de programa para vender uma das chamadas “drogas do estupro”. 

O homem já havia sido preso no ano passado por suspeita de tráfico. Nessa terça-feira, policiais do Departamento Estadual de Combate ao Narcotráfico (Denarc) fizeram buscas na casa dele e encontraram drogas e outros materiais.  

Lá foram apreendidos 150 comprimidos de ecstasy, cocaína, cafeína, antidepressivos de uso controlado e cloridrato de cetamina, que é um medicamento de uso veterinário usado como matéria-prima da produção da droga “key” (chave, em inglês), também conhecida como “ketamina”, “vitamin k”, “kit kat” e “special k”.  

“A droga key integra o grupo das ‘drogas do estupro’, comumente utilizada com esse objetivo, como também em relações sexuais, dado o efeito anestésico dissociativo ao desligar o córtex cerebral e impedir a troca de informações dos neurônios com a região medular”, informou o delegado Rodolpho Machado, que coordena as investigações. Segundo as investigações, ele fazia a fabricação caseira da droga. 

Conforme a Polícia Civil, o delegado também informou que comercializava a droga, que tem um público restrito, enquanto atuava como garoto de programa. 

Confira o vídeo:

 

 

 

cloridrato de cetamina

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário