Português Italian English Spanish

Toyota Corolla Cross deverá ter alcance global

Toyota Corolla Cross deverá ter alcance global

Data de Publicação: 16 de julho de 2020 18:45:00
Atendendo mercados como da China à América Latina, com passaporte para o Brasil, e também podendo mesmo chegar ao mercado americano.

O Toyota Corolla Cross foi lançado oficialmente na Tailândia e tem a missão de representar o gigante japonês num segmento de SUVs abaixo do tradicional RAV4 e acima do crossover C-HR. 

Com passaporte para o Brasil, o Toyota Corolla Cross deverá ter um alcance global, atendendo mercados como da China à América Latina, podendo mesmo chegar ao mercado americano. 

Desenvolvido sobre a plataforma modular TNGA (GA-C), o Toyota Corolla Cross é menor que o RAV4 (GA-K), medindo 4,46 m de comprimento, 1,82 m de largura, 1,62 m de altura e 2,64 m de entre eixos, sendo mais próximo do C-HR. 

Orientado para ser o SUV do Corolla, esse Cross segue estratégia parecida com a do Yaris Cross, mas tem estilo próprio em relação ao sedã best seller mundial da Toyota. 

O Toyota Corolla Cross chama atenção por seus para-lamas abaulados, que criam uma musculatura robusta para o SUV, que também traz um sofisticado conjunto ótico de LED com luzes diurnas e detalhes em azul, tendo lentes bem fluidas.

Com olhar expressivo, o Corolla Cross chama atenção pela grade pronunciada e estilizada, que é suavizada em suas formas e fica longe do RAV4. Contudo, não há nada de Corolla nessa parte.

Aí surge uma questão: será esse o próximo visual do sedã médio da Toyota? Pode ser. O para-choque é bem envolvente e proeminente, tendo diminutos faróis de neblina e proteção inferior em cinza.

Bem equilibrada, a carroceria do Toyota Corolla Cross apresenta linhas que reforçam a robustez, como as colunas C largas e com vigias. O detalhe do arco de teto dá um toque especial ao desenho deste utilitário esportivo.

Na traseira, as lanternas horizontais em LED possuem formas suavizadas. Se por fora ele tem uma boa presença, incluindo até opção de teto solar elétrico, por dentro, ele não traz surpresas. O habitáculo é o mesmo do Corolla.

Com exceção de duas barras em cinza no console, o restante do conjunto é do Corolla, inclusive a multimídia em tela de 7 polegadas e o ar condicionado automático, porém, este é dual zone.

O cluster é análogo-digital e os bancos apresentam interessante padronagem vermelha para a Tailândia. Atrás, existem saídas de ar condicionado, que ampliam o conforto. Ele oferece até o modo Trail para o fora de estrada.

Tendo eixo de torção na traseira, o Toyota Corolla Cross mostra seu foco no baixo custo, embora possa ainda receber um conjunto multilink mais adiante, para ampliar o conforto. Os freios são a disco nas quatro rodas.

Já as rodas de liga leve podem ser de 17 polegadas com pneus 215/60 R17 ou aro 18 com pneus 225/50 R18. Incorporando tecnologias semelhantes às do Corolla, mas com porta-malas de 440 litros.

Na mecânica, a Tailândia leva o conhecido 1.8 Dual VVT-i com 140 cavalos, além das versões híbridas, que usam o 1.8 Dual VVT-i de 99 cavalos e motor elétrico de 72 cavalos, totalizando 122 cavalos.

Por aqui, o mais provável será o uso do motor 2.0 Dual VVT-i do Corolla em sua versão flex, além do híbrido flex, usando assim os componentes do sedã feito em Indaiatuba-SP. Contudo, a produção se dará em Sorocaba.

 

Toyota Corolla Cross

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário