Português Italian English Spanish

Gêmeos siameses mais velhos do mundo morrem aos 68 anos

Gêmeos siameses mais velhos do mundo morrem aos 68 anos

Data de Publicação: 8 de julho de 2020 15:34:00
A causa foi "morte natural".

Os gêmeos siameses mais velhos do mundo morreram no último sábado (4), aos 68 anos, na cidade de Dayton (Ohio, EUA). A causa foi "morte natural". Eles também foram os mais longevos de que se tem registro na História. Ronnie e Donnie Galyon nasceram em 28 de outubro de 1951, filhos de Eileen and Wesley Gaylon, que não tinham ideia de que esperavam gêmeos. 

Eles nasceram saudáveis. mas passaram os dois primeiros anos em hospitais, com médicos tentando separá-los. As tentativas falharam.

Durante 68 anos, os gêmeos viveram cara a cara, unidos do esterno à virilha com apenas um conjunto de órgãos digestivos inferiores. Cada um deles nasceu com corações e estômagos separados e tinha seu próprio conjunto de braços e pernas.

Os siameses chegaram a fazer uma turnê pela América do Norte com um circo. Eles viviam em um asilo.

Assista aqui o vídeo documenta a vida dos Galyon

Gêmeos siameses mais velhos do mundo morrem aos 68 anos

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário