Português Italian English Spanish

Gripe ou rinite? Aprenda a diferenciar as doenças respiratórias

Gripe ou rinite? Aprenda a diferenciar as doenças respiratórias

Data de Publicação: 22 de junho de 2020 11:55:00
No caso das doenças alérgicas respiratórias, a principal forma de tratar é prevenir as crises, por meio da retirada dos agentes causadores da alergia.

O inverno chegou e nessa época as doenças respiratórias incidem. A lista é grande, e fica cada vez maior com a chegada de novos vírus. Algumas pessoas contam ainda com um componente a mais: as alergias. Muitas vezes, é difícil diferenciar quando é gripe ou rinite. Mas existem diferenças. 

"A gripe, frequentemente, manifesta-se com dor de garganta, febre, coriza, obstrução nasal e tosse. Já a rinite alérgica tem como principal característica uma coceira no nariz e garganta, acompanhada de obstrução nasal e coriza, mas, raramente, tosse. A alergia pode atingir também os olhos, provocando sintomas, como coceira e vermelhidão", explica o otorrinolaringologista do Hospital CEMA, Cícero Matsuyama.

Outra boa diferença é a cor do muco nasal. Nos casos infecciosos, como na gripe, ele tem cor amarelada ou esverdeada e consistência grossa. Já nas alergias, o muco é claro e menos "encorpado". Vale ressaltar para quem está na dúvida que a gripe também pode ser confundida com um resfriado. "O resfriado tem sintomas semelhantes à gripe, porém eles são mais brandos", alerta o médico.

Problemas similares, tratamentos diferentes

No caso da rinite, a principal forma de tratar a alergia é a utilização de antialérgicos sistêmicos (via oral, nos casos mais comuns, e injetáveis) e medicamentos tópicos, como sprays nasais. Agora, se a doença é a gripe o tratamento principal é amenizar os sintomas, pois o organismo, geralmente, dá conta de eliminar o vírus depois de alguns dias. Entre os principais medicamentos usados estão os antitérmicos, para controle da febre e dores no corpo. Para casos mais intensos e severos, o médico pode receitar medicações antivirais.

Vale lembrar que a vacinação é uma importante forma de diminuir os casos de gripe. "O vírus H1N1 é um agente preocupante, pois pode trazer complicações e até levar a óbito. Por isso, as pessoas devem se vacinar todos os anos, se for possível", explica o otorrinolaringologista. No caso das doenças alérgicas respiratórias, a principal forma de tratar é prevenir as crises, por meio da retirada dos agentes causadores da alergia, fazendo hidratação nasal, uma boa alimentação e exercícios físicos.

 

Gripe ou rinite? Aprenda a diferenciar as doenças respiratórias

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário