Português Italian English Spanish

Tesla: Fiat 500 chega no Brasil no 2º semestre de 2020

Tesla: Fiat 500 chega no Brasil no 2º semestre de 2020

Data de Publicação: 15 de maio de 2020 16:54:00
Espera-se que a novidade seja genuinamente luxuosa por dentro

A segunda geração do Fiat 500 moderno renasceu como um carro elétrico de luxo e agradou em cheio. A encarnação anterior (que continuará à venda em com as versões equipadas com motores à combustão) conseguiu fazer o truque do carro premium, mesmo que não fosse exatamente um produto premium.

Espera-se que a novidade seja genuinamente luxuosa por dentro, em parte para justificar seu preço consideravelmente mais alto (na Europa, atualmente custa 37.500 euros, mas por enquanto só está disponível com o Launch Edition). Isso é muito dinheiro para um carrinho urbano e está invadindo o terreno do Tesla Model 3 - você pode pegar um Model 3 seminovo com baixa quilometragem nessa faixa de preço.

E isso nos leva a esta entrevista da AutoExpress com o presidente da Fiat, Olivier François, que deixou claro o pensamento do fabricante por trás dos novos 500 (e seu impulso no mercado).

Primeiro, ele deixou claro que o "Novo 500" é genuinamente novo. Pode parecer uma evolução do modelo anterior, mas sua base funciona em uma plataforma elétrica totalmente nova. Ele ressalta que:

'Este não é um plano B. Não é uma plataforma atual que ajustamos para acomodar algumas baterias. É tudo novo. E este pequeno carro, mais uma vez, é totalmente relevante. Este é o nosso Tesla urbano. "

E embora a comparação possa parecer forçada a princípio, você pode entender o que ele está falando. Olivier não detalha sua afirmação, mas suspeitamos que ele esteja se referindo ao fato de que as pessoas que compram um Tesla não o fazem apenas por causa das especificações técnicas do carro; eles fazem isso porque é um símbolo de status, assim como a reinterpretação moderna da Fiat do icônico 500.

Portanto, o novo 500 é totalmente elétrico, tem um preço de carro premium e é um símbolo por si só.

Olivier ressalta que, embora os 500 possam ser adquiridos por pouco dinheiro em sua versão de acabamento mais básica, uma grande proporção de compradores irão adquirir exemplares bem equipados que podem dobrar seu preço inicial. Ele explica:

Isso se assemelha novamente à Tesla, uma marca cujo poder de atrair novos e inesperados tipos de compradores não tem paralelo no contexto atual da indústria automotiva. Em outras palavras, algumas pessoas estão comprando Teslas como meros veículos, para circular de um ponto a outro com zero emissões de poluentes, enquanto outros estão optando por modelos altamente equipados com todos os mimos porque são atraídos pela marca; o novo 500 é semelhante nesse aspecto, embora seja preciso dizer que não é o único "Tesla urbano" por aí.

A Honda quer alcançar algo muito semelhante com o pequeno carro urbano, assim como a Renault com o Zoe, recentemente revisado, um carro cuja qualidade percebida melhorou drasticamente em sua última atualização.

Atraso no Brasil

Enquanto a Europa se prepara para receber o 500e em poucas semanas, no mês de julho, o Brasil terá que esperar um pouco mais. Antonio Filosa, presidente da marca na região, confirmou o lançamento de "um elétrico da Fiat" no Brasil no 2º semestre de 2020, deixando claro que será o Fiat 500, mas a pandemia do coronavírus afetou os planos e atrasou o cronograma de lançamentos da marca por aqui. Agora, o pequeno carro elétrico só deve desembarcar no país a partir do primeiro semestre de 2021. 

Fonte: AutoExpress

 

Tesla: Fiat 500 chega no Brasil no 2º semestre de 2020

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário