Português Italian English Spanish

Líbano decreta confinamento total no país

Líbano decreta confinamento total no país

Data de Publicação: 13 de maio de 2020 09:24:00
País havia achatado a curva de contágio e registrava menos de 10 casos por dia, mas pico de novas infecções em quatro dias colocou as autoridades em alerta

O governo do Líbano decretou nesta terça-feira, 12, o confinamento total no país, o chamado lockdown. A decisão foi tomada após as autoridades terem registrado um pico de 100 casos de contaminações por Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, nos últimos quatro dias, elevando a 870 o total de infectados.

“Este governo conquistou uma importante conquista na luta contra a epidemia de coronavírus”, disse o primeiro-ministro, Hassan Diab, durante uma reunião de gabinete nesta terça. “Infelizmente, diante da complacência em alguma áreas, e a irresponsabilidade negligente de alguns cidadãos, essa conquista está sob ameaça de colapso”, afirmou.

O país diagnosticou o primeiro caso de Covid-19 no dia 21 de fevereiro e desde então o crescimento da doença vinha caindo progressivamente até a casa de um dígito por dia. Na prática, o Líbano havia achatado a curva de contágio. Até o dia 6 de maio, o país registrava 750 casos e 25 mortos.

Porém, os casos voltaram a crescer. A maior parte dos novos casos estão entre os libaneses que estavam viajando fora do país e contaminaram outras pessoas localmente.

Antes do novo pico, o país estava na terceira fase do plano de reabertura da economia e do relaxamento das restrições impostas para achatar a curva de contágio. O ministro da Saúde, Hamad Hasan, disse à emissora LBCI que o confinamento possibilitará exames em áreas em que se concentram esses casos, assim prevenindo a entrada do país em “uma fase de transmissão comunitária” da doença.

O confinamento irá durar por mais quatro dias. Supermercados, indústria e agropecuária estão autorizadas a continuar operando. Já os cidadão que forem ficar em casa só poderão ir à rua de em caso de urgência, disse o ministro da Informação, Manal Abdel Samad.

 

Líbano decreta confinamento total no país

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário