Português Italian English Spanish

Preço do diesel registrou variação de 49% de janeiro a novembro

Preço do diesel registrou variação de 49% de janeiro a novembro

Data de Publicação: 21 de dezembro de 2019 10:54:00
Levantamento em 18 mil postos aponta recorde de no valor na bomba: R$ 3,919

Em 2019, os postos brasileiros registraram uma diferença de até 49% no preço médio do diesel, revela o levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). O estudo, que analisou o comportamento dos preços dos combustíveis de janeiro a novembro em 18 mil postos, aponta que, no mês passado o litro do combustível avançou 0,14% nas bombas, vendido a R$ 3,919, em média.

É um recorde, equiparado ao praticado em maio de 2018, durante o pico da crise de abastecimento que afetou o Brasil.

"No fim do ano passado, o diesel sofria baixa, o que sugere a possibilidade de que os aumentos possam compensar o recuo estimado e segurar o combustível na mesma linha. O avanço nas bombas ainda não teve impacto significativo em termos de medição, e a projeção para o preço do combustível é que feche dezembro com uma alta notável", destaca o head de mercado urbano da Edenred Brasil, Douglas Pina.

O menor valor registrado para o diesel foi no Paraná, em janeiro, com o litro vendido a R$ 3,16. O Amapá se manteve no topo do ranking do litro mais caro, com o maior valor médio registrado em novembro, de R$ 4,709 o litro.

Em novembro, no recorte regional, o levantamento aponta uma variação de até 14% para o combustível, quando a média de preços da Região Sul é comparada à da Região Norte, onde o valor médio do litro é de R$ 4,184.

As Regiões Sul e Sudeste permanecem com os menores preços do País, com médias de R$ 3,572 e R$ 3,759, respectivamente. O Paraná se destaca pelo recuo de 0,82%, com o menor valor do litro, vendido a R$ 3,513. Já o aumento mais expressivo para o combustível foi registrado no Amapá, com alta de 3,02%, e o litro comercializado a R$ 4,709. No Centro-Oeste, o preço médio do combustível avançou 0,25%, e, no Nordeste, apresentou leve recuo, de 0,03%.

Diesel nas rodovias

Além da variação por Estado, o IPTL apresenta o preço médio do diesel em diferentes trechos das principais rodovias brasileiras. Na Rodovia Fernão Dias, ao longo do ano, o combustível registrou variação média de 10%. O mesmo acontece na Rodovia Presidente Dutra, de São Paulo ao Rio de Janeiro, onde o motorista viu o preço do diesel variar em média 9,6%.

 

Preço do diesel registrou variação de 49% de janeiro a novembro

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário