Português Italian English Spanish

Deputado Fábio Trad defende direito do presidente Bolsonaro organizar administração do governo

Deputado Fábio Trad defende direito do presidente Bolsonaro organizar administração do governo

Data de Publicação: 16 de outubro de 2019 Vice-líder do PSD no plenário, o parlamentar orientou a bancada pelo voto favorável à MP 886/19, que dá ao governo prerrogativa de reformular a estrutura do Poder Executivo.

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (15) a Medida Provisória 886/19, que reformula a estrutura do Poder Executivo. Em outras palavras, a medida extingue órgãos e redistribui atribuições entre ministérios. A matéria segue agora para o Senado. 

Revelando posicionamento democrático e coerência em suas manifestações no plenário, o deputado Fábio Trad, vice-líder do Partido Social Democrático, orientou a bancada pelo voto favorável por entender que trata-se de poder discricionário da Presidência da República exercer a reestruturação administrativa da gestão. 

“Na MP nada há que, constitucionalmente, obste sua aprovação. Além do mais, quem ganhou a eleição foi Jair Messias Bolsonaro, portanto é direito do presidente reorganizar administrativamente a gestão para implementar as políticas públicas que foram submetidas, ao longo da campanha eleitoral, a intensos debates e aprovadas pelas urnas”, destacou o parlamentar.

O deputado preveniu ainda o Parlamento a colocar sempre a constituição, os valores democráticos e os interesses da nação acima de quaisquer questões ideológicas ou político-partidárias. Para isso, fez questão de relembrar o ano de 2015, quando a então presidente Dilma Rousseff reduziu de 39 para 31 o número de ministérios por meio de fusão e eliminação de pastas e demais medidas de enxugamento da máquina administrativa.

“Eu me lembro que quando a ex-presidente Dilma fez uma reforma administrativa também, PSDB e DEM se opuseram. Eu naquela época disse a mesma coisa: é direito da presidente fazê-lo porque trata-se de uma gestão que ela está liderando. Da mesma forma em relação à Jair Messias Bolsonaro. É direito básico e elementar do governo se reorganizar para implementar políticas públicas”, finalizou.

 

Parlamentar defendeu direito democrático do governo exercer a reestruturação administrativa da gestão (Foto: Cláudio Basílio/PSD)

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário