Português Italian English Spanish

Fábio Trad consolida-se como deputado mais premiado de Mato Grosso do Sul

Fábio Trad consolida-se como deputado mais premiado de Mato Grosso do Sul

Data de Publicação: 8 de outubro de 2019 Com os dois destaques no Congresso em Foco de 2019, Trad acumula nove premiações de três instituições diferentes desde 2012 e tem agora o melhor desempenho entre todos os deputados sul-mato-grossenses

Em 2019 o deputado federal Fábio Trad tornou-se o deputado sul-mato-grossense mais premiado da história, com nove reconhecimentos de três diferentes organizações.

Já em seu primeiro mandato (2011-2015) Trad foi destaque na categoria especial “Parlamentares de Futuro com menos de 45 anos”, ficando entre os cinco mais bem votados do Brasil pelos internautas no Prêmio Congresso em Foco de 2012. Em 2018, ele novamente figuraria entre os melhores, desta vez na categoria especial “Defesa da Advocacia Pública”.

Mas em 2019 viria a consagração máxima de Fábio Trad, não apenas por receber dois prêmios (“Valorização dos Bancos Públicos” e “Melhores Deputados Federais”) mas também por ser um dos destaques no momento mais esperado da noite de premiação, em Brasília (DF), quando foram anunciados os dez melhores deputados do Brasil, segundo júri especializado.

“Estar entre os dez mais atuantes e participativos deputados num contingente de 513 parlamentares do Congresso Nacional, e o único do Mato Grosso do Sul, é uma honra muito grande, mas recebo isso com humildade e serenidade, sabendo que agora o trabalho deverá ser ainda maior porque o nosso desafio é lutar por um país melhor e defender a democracia para que todos nós possamos nos manifestar sem medo de expor nossas opiniões”, disse, emocionado, o deputado Fábio Trad.

Outra instituição que periodicamente reconhece a atuação parlamentar acima da média de Fábio Trad desde seu primeiro mandato é o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap). Constituída por quase mil entidades sindicais de trabalhadores de todos os estados do País, há 26 anos o DIAP mapeia, a partir de critérios objetivos, os deputados e senadores que conduzem o processo decisório no Poder Legislativo. São os “100 Cabeças” que, segundo o Diap, detém mais habilidade para elaborar, interpretar, debater ou dominar regras e normas do processo decisório e político.

Em 2019, pela terceira vez (segunda seguida), o deputado Fábio Trad constou entre os 100 mais influentes do Congresso. Em sua primeira legislatura, em 2013, ele já figurava na lista dos “parlamentares em ascensão”, ou seja, aqueles com trajetória ascendente e que poderiam em breve fazer parte da elite do Poder Legislativo. Com destaque na mídia, em 2014 ele estreou na lista dos “100 mais” do Diap após entregar o novo Código de Processo Civil – sancionado no ano seguinte pela presidente Dilma Rousseff – presidindo por quase três anos a comissão especial na Câmara que debateu e redigiu um texto composto por mais de mil artigos.

O Diap divide os “100 Cabeças” em quatro aptidões, quais sejam a capacidade de “articulação”, de “debate”, “negociação” e de “formulação”. Entre os deputados mais influentes deste ano, somente 7 são formuladores, virtude considerada a mais rara.

Novamente, a exemplo de 2018, Trad foi apontado pelo Diap como um dos “formuladores”, os mais produtivos e, via de regra, “dotados de saber, qualidade intelectual e especialização. “São eles, enfim, que concebem e escrevem o que o Poder Legislativo debate e delibera.

Para o diretor do Diap e coordenador do projeto “100 Cabeças do Congresso”, Antônio Augusto de Queiroz, o deputado Fábio Trad reúne as três virtudes exigidas pela publicação, como o quesito institucional, uma vez que é membro titular da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC), principal colegiado permanente da Casa.

“Além disso, do ponto de vista de reputação, o deputado Fábio Trad é tido como um parlamentar muito respeitado e preparado perante seus colegas, com enorme trânsito em todos os partidos. E, no decisional, se comporta com muita decência, coerência e afinco na defesa de todos os temas que assume”.

Responsável por toda a concepção e metodologia do levantamento do Diap, Queiroz destacou ainda a celeridade de Trad em conquistar posição de protagonismo na Casa, lembrando que o parlamentar lidera em diversas frentes, como a presidência da Comissão de Reforma do Código de Processo Penal; é vice-líder do PSD; vice-líder do bloco governista; coordenador da Frente Parlamentar Mista em Defesa Saneamento Básico; e coordenador da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Advocacia Pública.

“Isso demonstra a capacidade que o parlamentar tem e o poder para influenciar na agenda tanto para que seus pares possam ouvi-lo e escutar as suas ponderações em relação às tomadas de decisões, como influenciar até mesmo na hora das votações”, acrescentou André Santos, analista político do Diap e sócio-diretor da Contatos Assessoria Política.

No 1 –  E 2018 foi, definitivamente, um ano de muitas surpresas para Fábio Trad. O período não só marcou seu inesperado retorno ao parlamento na vaga do ex-deputado Carlos Marun, licenciado na ocasião para assumir um ministério, como também consagrou-o o melhor e mais parlamentar do ano.

No ranqueamento do portal Políticos.Org, Fábio Trad encerrou 2018 com a maior pontuação entre os 594 representantes do Congresso Nacional, somados aí os 513 deputados e 81 senadores.  Foram 143 pontos, um a mais que o segundo colocado, Eduardo Barbosa (PSDB-MG), com 142; e da senadora Ana Amélia (PP-RS), com 119.

“Em nome do ranking, dou os parabéns ao deputado Fábio Trad, que não só teve o melhor desempenho de 2018 como mostra um novo tipo de política, que é o que a gente espera que reine no Brasil cada vez mais”, disse o diretor executivo do Ranking de Políticos, Renato Dias.

“Ele teve uma atuação exemplar, tanto nos votos como nos pronunciamentos e, além dos critérios analisados no ranking, sempre mostrou-se muito coerente nos seus posicionamentos e pronunciamentos na tribuna. Esperamos que sirva de exemplo tanto aos (deputados) que estão entrando agora no Congresso como aos que vão continuar”.

O portal Políticos.Org considera cinco critérios para a pontuação dos parlamentares, como a presença nas sessões e reuniões de comissão; nível de utilização de privilégios do cargo, como verba indenizatória; qualidade legislativa; processos judiciais; e formação universitária.

Pesou a seu favor também o fato de ser ficha limpa e não responder a nenhum processo judicial, além de apresentar um gasto de verba indenizatória abaixo da média geral dos demais parlamentares e abrir mão de privilégios inerentes ao cargo, como aposentadoria especial, apartamento funcional, carro oficial e auxílio-mudança.

Presença - Entre os 7% do Brasil – e único de Mato Grosso do Sul – com assiduidade máxima na Casa, o parlamentar esteve presente em todas as 64 sessões ordinárias e extraordinárias realizadas em 2018 no plenário da Câmara. Somente em 2019 já foram 86 sessões, nas quais Fábio Trad esteve em 100% das ocasiões. Nas 96 reuniões das comissões, 95 presenças.

Neste ano também foi um dos parlamentares que mais marcaram posição no plenário da Câmara sobre assuntos que mexem com a vida de milhões de brasileiros e brasileiras. Utilizou 73 vezes os microfones nas sessões, quase o triplo dos demais parlamentares do Mato Grosso do Sul somados (25). Nas comissões, fez 29 pronunciamentos, metade de toda a bancada sul-mato-grossense.   

 

Em 2019, o deputado Fábio Trad foi considerado por júri especializado um dos dez deputados mais atuantes do Congresso Nacional (Foto: Congresso em Foco)

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário