Português Italian English Spanish

Mãe mata filha de um ano depois de lhe dar heroína

Mãe mata filha de um ano depois de lhe dar heroína

Data de Publicação: 19 de setembro de 2019 Britânica esfregava heroína nas gengivas e confessou em tribunal que fez o mesmo aos outros filhos

Uma mulher britânica terá causado a morte à filha de um ano de idade depois de lhe esfregar heroína nas gengivas, mais de uma dezena de vezes, para a ajudar a adormecer.

De acordo com o site Metro, que cita documentos judiciais, Kimberly Nelligan, de 33 anos de idade, esfregou resíduos da droga nas gengivas da bebê, pelo menos, 15 vezes. A menina acabou por morrer, em outubro do ano passado.

A criança, chamada Jordy, foi encontrada já sem vida pelos bombeiros, que foram chamados pela mãe. A suspeita, natural de Bangor, no Reino Unido, acabou por ser detida esta segunda-feira.

A autópsia feita à bebê determinou que esta tinha opióides sintéticos no sistema, concluindo-se que ingeriu drogas e que só poderia ter sido através da boca.

Nelligan confessou em tribunal ter consumido heroína uma vez por semana nos meses anteriores à morte da filha. O pai, por seu turno, confirmou às autoridades que viu a companheira esfregar a droga nas gengivas da bebê.

Alegadamente, a mulher confessou a uma pessoa não identificada que fez o mesmo com os outros filhos para os ajudar a adormecer.

Mãe mata filha de um ano depois de lhe dar heroína "para adormecer"

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário