Português Italian English Spanish

Mulher é presa com 2 mil pedras preciosas na calcinha

Mulher é presa com 2 mil pedras preciosas na calcinha

Data de Publicação: 21 de julho de 2019 A mulher teria adquirido as pedras em Rondônia pelo valor de R$ 300 mil

Neste fim de semana, uma mulher foi flagrada com cerca duas mil pedras preciosas escondidas na calcinha em Rondônia. Após abordagem da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na altura do município de Vilhena, a cerca de 700 km de Porto Velho, os agentes acabaram encontrando os objetos de valor.

Segundo informações do jornal 'Extra', as pedras teriam sido retiradas de forma ilegal da Reserva Roosevelt, região conhecida pela extração de diamantes, localizada no município de Espigão do Oeste, no sul de Rondônia.

Durante a abordagem, o casal demonstrou nervosismo e antes de serem revistados, "a mulher confessou que conduzia, sob as roupas íntimas, envelopes contendo pedras preciosas."

Aos policiais, o casal relatou que adquiriu o material na cidade de Ji-paraná, em Rondônia pelo valor de R$ 300 mil. Afirmaram ainda que o objetivo era transportar as pedras até Foz do Iguaçu, no Paraná, onde seriam negociadas.

Após o flagrante, os dois foram detidos e levados para a Delegacia da Polícia Federal.

 

Mulher é presa com 2 mil pedras preciosas escondidas na calcinha

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário