Português Italian English Spanish

Gravações inéditas de Bowie chegam em novo álbum

Gravações inéditas de Bowie chegam em novo álbum

Data de Publicação: 8 de julho de 2019 “The ‘Mercury’ Demos” traz dez gravações de Bowie capturadas ao vivo

Como parte das celebrações que marcam os 50 anos do primeiro sucesso de David Bowie, “Space Oddity”, e depois dos recentes lançamentos de “Spying Through A Keyhole” e “Clareville Grove Demos”, chega hoje às plataformas de streaming mais um álbum do artista, o “The ‘Mercury’ Demos”

O “The ‘Mercury’ Demos” traz dez gravações de Bowie capturadas ao vivo, em apenas uma tomada, no apartamento do artista, na primavera de 1969, com acompanhamento de John 'Hutch' Hutchinson na guitarra e vocais.

A versão de "Space Oddity" das demos lançada originalmente é apresentada aqui em seu verdadeiro contexto, pela primeira vez. As outras nove gravações do álbum são todas inéditas. Além dos originais de Bowie, o álbum também inclui a composição de Roger Bunn, “Life Is A Circus”, que aparece também em uma versão demo no “Clareville Grove Demos”, e a “Love Song”, de Lesley Duncan, gravada por Elton John, para o álbum "Tumbleweed Connection". A "Conversation Piece" de David é anunciada como "uma nova música" e "Janine" vem com 19 segundos da melodia de "Hey Jude", dos The Beatles.

A gravação foi uma versão básica do setlist do dueto "Bowie & Hutch", na época encomendada pelo produtor da Mercury Records, Calvin Mark Lee, que queria as faixas para enviar ao então chefe, Bob Reno. Tanto Calvin quanto Bob são referenciados durante a gravação de 41 minutos e as demos foram fundamentais para garantir a David um contrato de gravação com a Mercury Records.

Ouça agora “The ‘Mercury’ Demos” nas principais plataformas digitais.

 

“The ‘Mercury’ Demos” traz dez gravações de Bowie capturadas ao vivo

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário