Português Italian English Spanish

Deslocamento de talude em Barão de Cocais sobe a 33,4 cm por dia, informa Agência Nacional de Mineração (ANM)

Deslocamento de talude em Barão de Cocais sobe a 33,4 cm por dia, informa Agência Nacional de Mineração (ANM)

Data de Publicação: 2 de junho de 2019 Parte de uma das paredes do talude se desprendeu neste sábado (1º)

O descolamento do talude da mina de Gongo Soco da Vale, em Barão de Cocais, Região Central de Minas Gerais, atingiu neste sábado, 1º, por volta das 7 horas, 33,4 centímetros por dia, segundo informou a Agência Nacional de Mineração (ANM).

O último boletim da agência foi divulgado no dia 30 e mostrava que até às 12 horas da quinta-feira a velocidade de deformação na porção interior do talude norte havia atingido 24,6 centímetros por dia, subindo a dois metros desde o fim do ano passado.

Ontem, no entanto, parte de uma das paredes do talude se desprendeu, mas a Barragem Sul Superior, que fica a uma distância de 1,5 quilômetro da Mina Gongo Soco, não foi afetada, segundo a Vale.

Os taludes são planos de terreno inclinados, espécies de paredões que cercam a chamada cava

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário