Português Italian English Spanish

Mulher denuncia curandeira que exigia pagamento de R$ 4,8 mil para 'espantar espírito da morte' em MS

Mulher denuncia curandeira que exigia pagamento de R$ 4,8 mil para 'espantar espírito da morte' em MS

Data de Publicação: 28 de maio de 2019 De acordo com a polícia, vítima foi obrigada a assinar um papel com o nome. Suspeita a procurava para cobrar valor e dizia que se não pagasse, a mulher morreria.

Uma mulher de 25 anos procurou a polícia nesta terça-feira (28), em Campo Grande, para denunciar uma curandeira que teria lhe cobrado R$ 4,8 mil para fazer um serviço espiritual e "espantar o espírito da morte". De acordo com a polícia, a suspeita, uma idosa, disse que o espirito queria pegá-la e se não pagasse o valor, iria morrer.

Segundo a ocorrência, a idosa realiza reuniões em casa onde utiliza fotos, roupas, e chaves para os rituais espirituais. Ela fazia revelações e promessas de cura para as pessoas que a procuravam.

De acordo com a polícia, a suspeita disse que o "espírito da morte queria acabar com a vida dela" e que para isso não acontecer, a vítima deveria fazer uma corrente de oração com duração de 6 meses. A idosa também solicitou o pagamento de parcelas de R$ 800 e esse valor deveria ser pago todo dia 10 de cada mês, durante esse período.

Ainda de acordo com o relato policial, no dia em que a curandeira pediu para fazer a oração, ela também solicitou que a vítima assinasse o nome completo em um papel em branco que seria utilizado nas orações. Após chegar em casa e analisar a situação, mudou de ideia e ao informar a idosa, passou a ser importunada e ameaçada, que caso não pagasse, o espírito da morte iria levá-la.

Segundo a polícia, idosa vai constantemente até a residência da vítima e diz que quer receber "porque é uma serva de Deus". O caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário Piratininga como curandeirismo.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário